Morre policial ferida em tiroteio após atentado na França

Fontes policiais afirmam que o atirador desta quinta-feira, de 52 anos, vestia um colete à prova de balas e carregava uma arma curta e um fuzil automático

iG Minas Gerais | AFP |

Uma policial morreu após troca de tiros com homem na manhã desta quinta (8) em Paris
AFP PHOTO / THOMAS SAMSON
Uma policial morreu após troca de tiros com homem na manhã desta quinta (8) em Paris

A policial atingida no tiroteio da manhã desta quinta-feira (8) em Malakoff, ao sul de Paris, não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro atingido no episódio, um funcionário de limpeza, está internado em estado grave, segundo médicos franceses. 

Segundo os primeiros indícios, disparou contra agentes que haviam ido à localidade por causa de um acidente de trânsito.

Fontes policiais afirmam que o atirador desta quinta-feira, de 52 anos, vestia um colete à prova de balas e carregava uma arma curta e um fuzil automático.

"O autor dos disparos está foragido", anunciou o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, que abandonou nesta manhã a reunião de crise convocada pelo presidente François Hollande para ir ao local do incidente. Ainda não se sabe se há alguma relação entre este caso e os ataques de quarta à sede do "Charlie Hebdo".

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave