Senador tucano é citado em depoimento da Lava Jato, diz jornal

Braço direito de doleiro diz ter enviado dinheiro ao ex-governador de Minas Antonio Anastasia, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Mais um tucano aparece na lista dos nomes citados nas investigações da Operação Lava Jato. Dessa vez, Antonio Anastasia, atual senador e ex-governador de Minas Gerais, é suspeito de envolvimento no esquema de corrupção organizado pelo doleiro Alberto Youssef. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo depoimento de Jayme Alves de Oliveira Filho, conhecido como "Careca",  Anastasia recebeu R$ 1 milhão na época que ainda era candidato ao governo de Minas, em 2010. Ainda de acordo com jornal, "Careca" teria enviado o dinheiro para uma casa em Belo Horizonte, o qual o destinatário seria o ex-governador mineiro, segundo Youssef.

Após investigadores da PF apresentarem fotografia ao depoente, ele teria afirmado que a pessoa da imagem "parecia" com senador.

O policial federal, acusado de colaborar com doleiro no envio e recebimento de dinheiro,  prestou depoimento em novembro do ano passado. As informações  teriam sido apuradas pela Polícia Federal.

Outros nomes citados

O deputado federal Eduardo Cunha, líder do PMDB, também foi citado por "Careca" em seu depoimento na Polícia Federal. Segundo o o policial federal, Cunha também recebeu uma quantia de dinheiro, encaminhada por Youssef. Em resposta às denúncias, o deputado, também candidato à Presidência da Câmara, argumentou que as informações servem como tentativa de eliminá-lo da disputa na Câmara. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave