Homem nada em local proibido, afoga-se e morre em Lagoa da Prata

Vítima mergulhou e por mais de três minutos não voltou a superfície; ele era natural de Luz, mas morava na cidade onde faleceu

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um homem de 53 anos nadou em um local proibido para banhistas e morreu após se afogar na “prainha”, uma lagoa, no bairro Santa Alexandrina, em Lagoa da Prata, na região Centro-Oeste de Minas Gerais, nessa quarta-feira (7).

De acordo com a Polícia Militar (PM), José Donizete de Oliveira, ultrapassou as boias de marcação de segurança, indo para uma parte mais funda da lagoa. Ele mergulhou e por mais de três minutos não voltou a superfície.

Algumas pessoas que também nadavam no local, informaram ao salva-vidas que tinha uma pessoa se afogando. O socorrista retirou a vítima da água e fez massagem cardíaca sem sucesso. Uma equipe de emergência foi chamada e o homem foi levado a um hospital pela ambulância municipal, mas não resistiu e morreu.

Oliveira estava sozinho e a PM não soube dizer se ele teria ingerido bebida alcoólica antes de entrar na água. Ele era natural de Luz, na mesma região, e morava em Lagoa da Prata.

Leia tudo sobre: prainhalocal proibidonadaafogamento