Grupo jihadista Al-Nosra destrói mausoléu sunita na Síria

Ataques contra mausoléus por parte de jihadistas da Al-Qaeda e do grupo Estado Islâmico (EI) - que segue uma versão rigorosa do Islã - são frequentes desde o início do conflito no país

iG Minas Gerais | AFP |

Membros da Frente Al-Nosra, braço sírio da Al-Qaeda, destruíram o mausoléu de um imame sunita no sul da Síria, informou nesta quarta-feira (7) a agência oficial Sana. 

"Terrorista da organização Al-Nosra dinamitaram o mausoléu do imame Nawawi", um célebre religioso sunita, na cidade de Nawa, a 45 km de Deraa (sul), revelou a agência.

O diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahman, confirmou à AFP a destruição do mausoléu de Nawa, cidade controlada pela Frente Al-Nosra desde novembro.

O ministério sírio dos Bens Religiosos condenou este ataque "dirigido contra o patrimônio e a  história do país".

Os ataques contra os mausoléus por parte de jihadistas da Al-Qaeda e do grupo Estado Islâmico (EI) - que segue uma versão rigorosa do Islã - são frequentes desde o início do conflito na Síria.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave