Bandidos levam 193 motos de depósito de empresa do governo do Rio

De acordo com a polícia,os assaltantes estavam com fuzis quando renderam seguranças do depósito da empresa

iG Minas Gerais | Folhapress |

Um grupo de 30 homens armados roubou 193 motos de dentro de um depósito de uma empresa que presta serviço para o Detro (Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio), órgão do governo do Estado. De acordo com a polícia,os assaltantes estavam com fuzis quando renderam seguranças do depósito da empresa Rodando Legal, que administra os pátios de veículos apreendidos pelo departamento, em Fazenda Botafogo, zona norte. Eles teriam aberto os portões para que moradores da favela Morro da Pedreira, vizinha ao local, levassem motos que estavam no pátio. O caso ocorreu por volta das 4h30 da madrugada do dia 31. Até a tarde desta quarta-feira (7), a polícia ainda não tinha informações de como as quase duas centenas de motos haviam sido transportadas. Segundo o delegado Luiz Alberto Andrade, da 40ª DP (Honório Gurgel), onde o caso foi registrado, a maior parte das motos foi empurrada para fora do pátio, já que os veículos foram levados sem chave e muitos não tinham sequer combustível. Ainda de acordo com o delegado, o administrador da empresa Rodando Legal informou que o local, embora preste serviço para o poder público e sirva de depósito para bens privados, não tinha sistema de câmeras de vigilância. A polícia busca imagens de câmeras do comércio próximo e também solicitou à empresa uma cópia do contrato de concessão para se certificar se havia a exigência de sistema de vigilância pelo poder concedente. Além da falta de câmeras, algumas questões ainda estão sem resposta, como o fato de o registro da ocorrência ter sido feito somente dois dias depois do ocorrido, em 2 de janeiro. Os seguranças da empresa que foram rendidos também não prestaram depoimento ainda e são aguardados. O boletim de ocorrência explica em quatro linhas o caso em termos gerais e não dá detalhes do ocorrido. Diz apenas que homens armados e populares "de todas as idades" participaram da ação. Ainda de acordo com o delegado, 97 motos foram recuperadas nesta quarta, todas elas vindas do Morro da Pedreira. A empresa Rodando Legal administra os 12 depósitos do Detro. O departamento é responsável por fiscalizar os transportes públicos do Rio, como ônibus e vans. O galpão era usado para armazenar motos irregulares devido a um convênio com a Polícia Militar e o Detran. Enquanto essas instituições prosseguem para a licitação de novos depósitos - já que os atuais estão lotados- um convênio permitiu a utilização dos depósitos do Detro. A polícia trabalha com a hipótese de que o grupo que efetuou o assalto seja do traficante Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, que comanda o tráfico do Morro da Pedreira, em Costa Barros, zona norte, próximo da região do depósito. O serviço do Disque Denúncia oferece uma recompensa de R$ 20 mil pelo paradeiro do traficante. Há contra ele 16 mandados de prisão expedidos por homicídio e roubo. Procurada, a empresa Rodando Legal não havia se pronunciado até às 18h.O Detro informou, em nota, que a empresa já deu início ao levantamento para identificação das motos levadas e pede que os proprietários apresentem a documentação dos veículos apreendidos que estavam no depósito para que seja efetuado o ressarcimento.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave