Liga francesa decreta minuto de silêncio em partidas de futebol

O comunicado enviado pela LFP era ilustrado por uma imagem do lema "Je suis Charlie" (Sou Charlie), sobre fundo negro, que virou o maior símbolo do repúdio ao ato terrorista

iG Minas Gerais | AFP |

Presidente francês Francois Hollande discursa no Palácio oficial Elysee, em Paris, depois do ataque terrorista que vitimou ao menos 12 pessoas e decreta luto nacional nesta quinta-feira (8)
PHILIPPE WOJAZER / POOL / AFP
Presidente francês Francois Hollande discursa no Palácio oficial Elysee, em Paris, depois do ataque terrorista que vitimou ao menos 12 pessoas e decreta luto nacional nesta quinta-feira (8)

A Liga de Futebol Profissional da França (LFP) anunciou nesta quarta-feira (7) que será respeitado um minuto de silêncio antes de todas as partidas disputadas nesta semana no país, em homenagem às 12 vítimas do atentado contra a revista satírica Charlie Hebdo.

A primeira homenagem ocorreu às 20h30 locais (17h30 no horário de Brasília), no estádio Pierre Mauroy, quando a torcida ficou em silêncio antes do pontapé inicial do duelo entre Lille e Evian, válido pela 13ª rodada do Campeonato Francês. Depois do minuto de silêncio, parte do público entoou o hino nacional francês, a Marselhesa.

FOTO: DENIS CHARLET / AFP ataque terrorista Jogadores do Evian e Lille fazem minuto de silêncio antes da partida

O protocolo será repetido nas partidas do fim de semana (de sexta-feira a domingo), válidas pela 20ª rodada da primeira divisão e pela 19ª rodada da segundona.

O comunicado enviado pela LFP era ilustrado por uma imagem do lema "Je suis Charlie" (Sou Charlie), sobre fundo negro, que virou o maior símbolo do repúdio ao ato terrorista.

"Até onde vai o mundo? Minhas lembranças às vítimas e suas famílias", publicou no Twitter Rio Mavuba, capitão do Lille, pouco antes de entrar em campo contra o Evian.

Leia tudo sobre: França