Obama condena o ataque terrorista contra revista francesa

Doze pessoas morreram e dez ficaram feridas nesta quarta-feira (7) em um ataque de homens armados em Paris

iG Minas Gerais | AFP |

AFP
undefined

O presidente Barack Obama condenou energicamente o ataque terrorista contra jornal de humor francesa Charlie Hebdo, que deixou um balanço de 12 mortos.

"Nosso pensamento e orações estão com as vítimas deste ataque terrorista e com o povo da França neste momento difícil", afirmou o presidente em uma nota oficial.

Pouco antes, a Casa Branca condenou o atentado "nos termos mais fortes".

"Todos na Casa Branca estão junto às famílias daqueles que foram mortos ou feridos neste ataque", declarou o porta-voz Josh Earnest, falando à MSNBC.

Doze pessoas morreram e dez ficaram feridas nesta quarta-feira (7) em um ataque de homens armados e aos gritos de "Alá é grande" contra a sede da revista satírica Charlie Hebdo, localizada em Paris.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave