Professora está desaparecida há quatro dias no Norte de Minas

Além de trabalhar para prefeitura, mulher também coordena uma creche; moradores e polícia fazem buscas na região

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Claudineia trabalha para a Prefeitura de Ninheira
FACEBOOK / REPRODUÇÃO
Claudineia trabalha para a Prefeitura de Ninheira

A Polícia Civil investiga o desaparecimento de uma professora de 32 anos que está sumida há quatro dias em Ninheira, no Norte de Minas. Até a manhã desta quarta-feira (7), não havia nenhuma pista da profissional, que também coordena uma creche na cidade.

No último sábado (3), Claudineia Rocha Bandeira estava sozinha em casa. A filha, uma criança de 10 anos, tinha saído com o pai. Ao retornar para o imóvel, localizado no centro de Ninheira, o homem não a professora.

“A casa estava toda trancada. Ela saiu com a roupa do corpo sem levar qualquer documento ou celular”, contou o chefe de administração da prefeitura, José Rodrigues.

A Polícia Militar foi acionada no domingo (4) e registrou o boletim de ocorrência. Desde então, militares fazem buscas na região, mas a mulher não foi localizada. “A Claudineia é uma pessoa muito tranquila e não tinha se queixado de nenhum problema ou tipo de ameaça. A família também não imagina o que possa ter acontecido”, disse Rodrigues.

Claudineia, além de professora no Centro Municipal de Educação Infantil Sonho Meu, coordena a creche da cidade. A investigação do caso está com a delegacia de São João do Paraíso.

Cidade mobilizada

Ainda conforme o chefe de administração, ao tomar conhecimento do desaparecimento, um grupo de moradores de mobilizou e já fez buscas em cidades vizinhas, como Bananeiras e Machado Mineiro. Além disso, um helicóptero participa das buscas.

“Exceto os carros que prestam atendimento para o setor de saúde, os outros veículos da prefeitura estão empenhados na buscas. Professores e moradores também estão procurando pela Claudineia”.

Quem tiver informações sobre o paradeiro da professora pode entrar em contato pelo telefone 181.

Leia tudo sobre: ninheiraprofessoradesaparecimento