Chefe da ONU aceita pedido de adesão dos palestinos ao TPI

Após decisão, Tribunal Penal Internacional vai investigar denúncias de crimes cometidos em território palestino durante conflitos

iG Minas Gerais | AFP |

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
undefined

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, aceitou o pedido dos palestinos de aderir ao Tribunal Penal Internacional (TPI), informou nesta quarta-feira (7) o porta-voz da ONU, Stephane Dujarric.

A decisão dá sinal verde para que o TPI investigue a partir de 1o. de abril as denúncias de crimes cometidos nos territórios palestinos.

Os palestinos enviaram ao TPI uma "declaração de adesão", um instrumento jurídico que poderá permitir a essa corte investigar supostos crimes cometidos a partir de um período determinado.

Criado em 2002, o TPI tem poder para investigar crimes de guerra e crimes contra a humanidade, cometidos desde então.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave