Presidente alemã condena atentado contra jornal francês

Sede de jornal foi alvo de ataque terrorista nesta quarta (7); doze pessoas morreram e quatro estão em estado grave

iG Minas Gerais | AFP |

undefined

A chefe do governo alemã, Angela Merkel, definiu o atentado como abominável o atentado contra a revista de humor Charlie Hebdo que deixou 12 mortos nesta quarta-feira (7) em Paris.

"Um ataque que ninguém pode justificar contra a liberdade de imprensa e de opinião, um fundamento de nossa cultura livre e democrática", afirmou em um comunicado.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, reagiu condenando este ataque terrorista revoltante, e expressou solidariedade com a França na luta contra o terrorismo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave