Há falha em 42% das portas do Move

Problemas atingem cerca de 200 dos 480 equipamentos das estações, informa Setra

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

Conserto. 
Portas foram arrumadas ontem nas estações do centro
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Conserto. Portas foram arrumadas ontem nas estações do centro

Cerca de 200 das 480 portas de vidro nas estações de transferência do Move da capital – cerca de 42% dos equipamentos – têm problemas causados por defeito na abertura ou por depredação, segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH). Nesta terça as cabines da região central começaram a passar por manutenção. Segundo o sindicato, soluções definitivas estão sendo avaliadas, e as manutenções mais urgentes vão continuar nos próximos dias.

No entanto, o vidro que foi retirado de uma porta na Estação UFMG, na avenida Antônio Carlos, conforme mostrou O TEMPO Nesta terça, continua fora do lugar. Outras cabines ficam constantemente com as portas abertas, o que traz riscos aos usuários.

Representantes de empresas que fabricaram as estações buscam um modelo de porta de material mais resistente e com sistema de abertura confiável. Uma tecnologia por radiofrequência começou a ser testada e deve estar implantada em todas as estações de transferência ainda neste semestre, juntamente com a instalação de novas portas. Segundo o sindicato, quando o motorista acionar a abertura da porta do ônibus, o sistema vai avisar qual porta da estação vai se abrir.

O assunto foi discutido em reunião nessa segunda no Setra-BH.

Limpeza

Licitação. Foi adiada nesta terça, por tempo indeterminado, licitação que contratará mão de obra para limpar e supervisionar estações de transferência. A BHTrans não informou quando o contrato termina.

Homem é atropelado enquanto usava celular Um pedestre foi atropelado por um veículo articulado do Move na avenida Cristiano Machado, na altura do bairro União, na região Nordeste da capital, na manhã desta terça. De acordo com a Guarda Municipal, o homem mexia no celular enquanto atravessava a pista e foi atingido pelo veículo da linha 66, no cruzamento da avenida com a rua Jacuí. Com dores no ombro e na costela, a vítima, de 45 anos, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O motorista contou à Polícia Militar que seguia pela pista quando foi surpreendido pelo homem atravessando a via e manuseando um celular. Ele freou para evitar a colisão, mas não conseguiu.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave