UFMG prepara construção de nova moradia estudantil

Projeto para construção foi enviado à prefeitura e será avaliado; alojamento terá 386 novas vagas

iG Minas Gerais | cinthia ramalho |

Bairro Ouro Preto, na Pampulha, já possui dois alojamentos estudantis
ALEXANDRE GUZANSHE/O TEMPO
Bairro Ouro Preto, na Pampulha, já possui dois alojamentos estudantis

Estudantes de baixa renda da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) poderão contar com 386 novas vagas de alojamento na capital. A Fundação Universitária Mendes Pimentel (Fump) encaminhou nesta terça para análise da Prefeitura de Belo Horizonte um projeto de construção de uma nova moradia universitária, que ficará localizada na avenida Fleming, no bairro Ouro Preto, na região da Pampulha. O alojamento terá 45 unidades habitacionais, mas a UFMG não soube informar quando a obra será iniciada. De acordo com a prefeitura, o projeto está sendo analisado por uma comissão, e sua aprovação será discutida em uma reunião do Conselho Municipal de Política Urbana (Compur), ainda sem data para acontecer. Segundo a Secretaria de Planejamento Urbano, para ser aprovado, o projeto da moradia deve obedecer a alguns padrões, como a implantação de um bicicletário para cada bloco e a comprovação da implantação do projeto de ligação pluvial à rede pública aprovado pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), dentre outros. Expansão. UFMG informou que essa será a terceira moradia construída na região. As outras duas construções, denominadas Ouro Preto I e Ouro Preto II, também estão localizadas na avenida Fleming e já oferecem um total de 632 vagas para estudantes de baixa renda vindos de fora da capital. Ainda de acordo com a universidade, ainda existe uma moradia universitária em Montes Claros, no Norte do Estado, com 108 vagas. Para se candidatar a uma vaga, o estudante deve preencher um formulário de inscrição no portal da Fump. Após passar por avaliação com assistentes sociais, os candidatos são classificados em níveis I, II e III. O primeiro nível prevê moradia gratuita, já os outros dois estabelecem o pagamento de taxas mensais nos valores de R$ 66,42 e R$ 106,28, respectivamente. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave