Embaixadora da ONU para crianças com Aids é sequestrada em Honduras

Jovem de 18 anos, portadora do vírus HIV, estava em um carro com sua mãe, Rosa González, diante do prédio da Fundação Pranto, Valor e Esforço no bairro de Trejo, em San Pedro Sula, quando foi levada por três desconhecidos

iG Minas Gerais | AFP |

A ativista e embaixadora das Nações Unidas para crianças e adolescentes com Aids em Honduras, Keren Dunaway González, foi sequestrada nesta terça-feira na cidade hondurenha de San Pedro Sula, 240 km ao norte de Tegucigalpa, informou a polícia.

A jovem de 18 anos, portadora do vírus HIV, estava em um carro com sua mãe, Rosa González, diante do prédio da Fundação Pranto, Valor e Esforço no bairro de Trejo, em San Pedro Sula, quando foi levada por três desconhecidos, revelou a porta-voz da Instituição, Katherine Calderón.

Após dois quarteirões, os sequestradores libertaram Rosa González, diretora da Fundação, e seguiram com Keren em direção desconhecida.

Keren é uma destacada ativista pelos direitos das crianças e dos adolescentes que convivem com o HIV, o que lhe valeu a nomeação de embaixadora das Nações Unidas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave