Mancini não vê pressão e espera usar experiência a favor do América

Meia chegou ao Coelho no ano passado e foi peça importante dentro do esquema alviverde

iG Minas Gerais | GABRIELA PEDROSO e LOHANNA LIMA |

O acerto com o Mancini será o último de 2014
Assessoria AFC
O acerto com o Mancini será o último de 2014

Com o América já definido e apresentado para a temporada 2015, o meia Mancini terá, ao lado do volante Leandro Guerreiro, uma importante função junto ao técnico Givanildo Oliveira. Experientes e com passagens por grandes clubes, os dois jogadores farão, dentro das quatro linhas, o papel dos líderes dos mais jovens. Mancini garante estar pronto e não se diz pressionado com a condição dentro da equipe.

"Encaro com muita naturalidade (essa missão), como sempre encarei as minhas responsabilidades. Nunca fugi, e no América não vai se diferente. Tem tudo para ser um ano bom.  Estou disposto a ajudar e ouvir também. O fato de você ser uma pessoa madura não significa que você sabe tudo. Eu tenho muito a aprender com essa rapaziada e passar também o que adquirimos em nossa carreira. Tenho certeza que vamos dar muita contribuição para esses jogadores", avaliou o jogador.

Mancini chegou ao América no ano passado, após boa atuação pelo Villa Nova, e foi peça fundamental no esquema do Coelho, que, por muito pouco, não conseguiu o acesso à elite nesta temporada. O Alviverde terminou a Segundona em quinto lugar, com 61 pontos.

No fim de dezembro, o jogador já havia assegurado a sua permanência na equipe por mais um ano. "Sempre dei minha palavra para a diretoria que queria permanecer. A estrutura que o clube dá, o fato de jogar em Belo Horizonte, minha família está toda aqui. Estou muito feliz de estar aqui novamente iniciando 2015, para que o América possa conseguir seus objetivos", completou.

Os jogadores do América se reapresentaram nessa segunda-feira, no CT Lanna Drummond, para o início da pré-temporada. O grupo foi recebido por membros do Conselho Administrativo e depois fez uma leve atividade física no gramado.

Leia tudo sobre: manciniamericafutebolexperienciamissaotimeajudar