Atiradores 'descarregam armas' e matam jovem na estação São Gabriel

Segundo polícia, no momento do crime, vítima estava vendendo drogas em uma passarela da estação; suspeitos não foram localizados

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Civil vai investigar a morte de um jovem de 20 anos que foi executado por cinco pessoas, na madrugada desta terça-feira (6) na estação São Gabriel, na região Nordeste de Belo Horizonte. Um dos suspeitos teria ordenado que os comparsas “descarregassem as armas” na vítima.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, Pablo Cristian Gomes dos Santos estava na passarela quando foi baleado dez vezes. Uma mulher que acompanhava o homem contou que os suspeitos se reuniram perto de uma das bilheterias e, em seguida, foram em direção aos dois.

Nesse momento, ao perceber que seria baleada, a vítima ordenou que a amiga corresse. Logo depois, vários disparos foram ouvidos. Santos chegou a ser socorrido até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Primeiro de Maio, mas não resistiu aos ferimentos. Ele foi atingido no peito cabeça, perna, costas, braço e cintura.

Após a execução, os atiradores fugiram no sentido bairro São Paulo e não foram mais vistos. A mulher que estava com Santos não ficou ferida, uma vez que ela correu para a estação do Move no momento do assassinato.

A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes I (Ceflan).

Vítima estava vendendo drogas

Ainda conforme o registro da polícia, no momento do homicídio, Santos estava vendendo drogas na passarela da estação São Gabriel. Ele já teria sido preso em data anterior por envolvimento com o tráfico de drogas.

O pai do homem esteve no local e disse que o filho não morava com ele e vivia com o avô em outro bairro. Imagens das câmeras de segurança da estação poderão ajudar na identificação dos suspeitos.

Porém, serão analisadas posteriormente, uma vez que ficam em uma central no bairro Floresta, na região Leste da capital mineira.  

Leia tudo sobre: estação são gabrielatiradoresdroga