Brasileiro terá que voltar para Espanha

iG Minas Gerais |

São Paulo. O brasileiro Kaique Luan Ribeiro Guimarães, 18, detido na Bulgária sob acusação de terrorismo quando tentava atravessar a fronteira com a Turquia com dois amigos marroquinos, será extraditado para a Espanha, onde mora, diz o jornal búlgaro “Trud”.

A reportagem diz que os três rapazes concordaram em ser extraditados para a Espanha, onde vivem. Sua entrega às autoridades daquele país deve ocorrer em até dez dias. Para a polícia espanhola, o brasileiro iria se unir a combatentes do grupo Estado Islâmico (EI) na Síria. As autoridades afirmam ter informações suficientes para comprovar a intenção deles, embora os jovens tenham dito que estavam indo apenas passar férias na Síria, mesmo não tendo empregos fixos.

O adolescente seria de Formosa, cidade goiana a 75 quilômetros de Brasília. Segundo o ministro do Interior catalão, Ramon Espadaler, o brasileiro mora em Monistrol de Montserrat e se converteu ao islamismo. Ele e seus colegas chamaram a atenção por exporem ideias extremistas em redes sociais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave