Redenção e tráfico são temas dos folhetins

Autor João Emanuel Carneiro volta ao ar após o sucesso de “Avenida Brasil”

iG Minas Gerais |

A caminho. Debora Bloch e Domingos Montagner estão em “Sete Vidas”, próxima trama das seis
Globo
A caminho. Debora Bloch e Domingos Montagner estão em “Sete Vidas”, próxima trama das seis

São Paulo. As novelas da Globo que estreiam neste ano vão tentar chamar a atenção do telespectador com diversos temas, como paternidade, poder, redenção e tráfico em comunidades carentes.

Programada para entrar na programação a partir de março, “Sete Vidas”, a próxima trama das seis, terá como protagonista Domingos Montagner, um doador de sêmen que descobre ter sete filhos espalhados pelo mundo. A atriz Isabelle Drummond será Julia, estudante e uma das filhas do protagonista, que vai lutar para encontrá-lo.

Em meados de abril, estreia “Lady Marizete” para substituir “Alto Astral” na faixa das sete. A história gira em torno de Marizete (Bruna Marquezine), uma mestre em krav magá (técnica israelense de defesa pessoal) que trabalha como segurança. A história se passa na favela de Paraisópolis, em São Paulo, cujo chefe do tráfico é Grego, interpretado por Caio Castro, um bandido que mete medo em todo mundo.

Já as próximas novelas da nove são “Babilônia” e, depois dela, “Favela Chique”, ainda com nome provisório. Na primeira, a personagem de Camila Pitanga, chamada Regina, mora em uma comunidade no Rio de Janeiro e vai se apaixonar por um homem mais rico e poderoso. Já Gloria Pires será uma vilã que terá como hábito cortejar homens para conseguir tudo aquilo que deseja.

A segunda trama, que marca a volta do autor João Emanuel Carneiro depois do sucesso de “Avenida Brasil” (2012), contará a história de um vilão vivido por Murilo Benício, que vai se tornar religioso. O autor vai mostrar a redenção do personagem.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave