Dona de casa pede cigarro para marido e leva uma facada em Contagem

Mulher contou que casal consumiu bebidas alcoólicas antes do crime; durante depoimento, suspeito passou mal e precisou ser internado

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma mulher de 53 anos foi esfaqueada pelo marido, na madrugada desta segunda-feira (5), no bairro Novo Progresso 1ª Seção, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime teria acontecido depois que a vítima pediu um cigarro para o suspeito.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, após agredir a companheira, o idoso de 60 anos procurou o dono da casa onde mora como inquilino, contou o que havia feito e pediu que ele acionasse um socorro médico.

Militares do 18º Batalhão compareceram ao imóvel, localizado na rua Paraopeba, e encontraram o piso da sala com manchas de sangue. A vítima foi encontrada em um dos quartos da casa. Ela estava  sentada na cama e queixava-se de dores na barriga. Para os policiais, a mulher contou que, após consumir bebidas alcoólicas com o agressor em um bar da região, eles foram para casa.

Lá, ela teria pedido um cigarro para o companheiro e, nesse momento, ele teria dito que daria uma facada nela.  A mulher foi socorrida e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Ressaca. Porém, devido à gravidade do ferimento no flanco, ela precisou ser levada para o Hospital Municipal de Contagem (HMC), onde passou por cirurgia e segue internada.

Idoso passa mal na delegacia

O suspeito disse aos militares que só agrediu a mulher porque levou um chute antes. Ele foi levado para a Delegacia de Plantão de Contagem. Durante o depoimento, o filho do casal chegou com os remédios de uso contínuo usado pelo pai. No entanto, o idoso começou a se queixar de dores no peito e também precisou ser levado para o HMC.

Ele foi medicado e segue internado sob escolta policial sem previsão de alta.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave