Ex-Botafogo, Seedorf não descarta treinar time brasileiro

Craque holandês acredita, porém, que a estrutura brasileira tem de ser renovada para o futebol verde-amarelo crescer ainda mais

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Seedorf assumirá o comando do Milan após saída de Allegri e confirmação de aposentadoria
Flickr/Botafogo
Seedorf assumirá o comando do Milan após saída de Allegri e confirmação de aposentadoria

 Ídolo do Botafogo, o ex-jogador holandês Clarence Seedorf não descarta ser técnico de um time brasileiro.

"Eu não fecho portas para nada", disse Seedorf em entrevista ao programa ao programa "Esporte Espetacular", da TV Globo.

Em janeiro de 2014, o meia anunciou em entrevista coletiva que deixaria o Botafogo e a carreira de jogador de futebol para se tornar técnico do Milan, da Itália.Menos de cinco meses, no entanto, Seedorf foi demitido do cargo.

Um dos fatores que pode convencê-lo a voltar ao Brasil é a familiaridade do atleta com o país.

"É sempre bom [voltar ao Brasil]. É sempre legal ver os amigos de novo", disse o jogador que foi um dos convidados de Zico para o Jogo das Estrelas, que aconteceu no dia 27 de dezembro, no Maracanã, Rio de Janeiro.

Sobre o mal momento do futebol brasileiro e o resultado ruim na Copa do Mundo, Seedorf acredita que o Brasil precisa inovar.

"Não é o resultado em si, mas a falta de talentos importantes. Há apenas Neymar. Antes, tinham mais jogadores representando o país em alto nível na Europa", disse. "A estrutura brasileira não pode ser igual há de 20 anos. Tem que inovar", completou.

Leia tudo sobre: botafogoseedorftreinadorbrasil