Simplicidade é a tendência

Mirando no próprio bem-estar, ela acertou na concretização da promessa sem depender do calendário – coisa que a gestora de cultura Isadora Eisele ainda espera aprender

iG Minas Gerais |

Marcela Torres parece até ter ouvido os conselhos de Georgina e Paola quando resolveu não esperar pela virada do ano para começar a colocar as resoluções em dia. Depois do vencimento do ano na academia, a designer de moda não quis renovar com o pacote anual sugerido e resolveu trocar a esteira por corridas na rua. “Ainda é de graça!”  

Mirando no próprio bem-estar, ela acertou na concretização da promessa sem depender do calendário – coisa que a gestora de cultura Isadora Eisele ainda espera aprender. Algumas lições ela já levou de 2014, como desistir da meta de parar de fumar e simplificar os próprios desejos. Mas isso não impede que ela ainda faça listas no diário para tentar cumprir ao longo do ano.

“Já entendi que ninguém muda com a virada dos anos, mas me tornei mais realista e descobri coisas nas quais sou capaz de investir. Estou tranquila sem academia, mas às vezes me vejo comprando essa ideia, ainda. O plano agora é dominar o longboard – skate é mais lúdico e me leva a lugares que a esteira não leva”, conta Isadora, que também planeja ser menos dependente dos meios virtuais e colocar a mão na massa. “Juro que vou escrever mais cartas em vez de e-mails e plantar uns dez pés de abacate”, diz, seguindo a dica da simplicidade, que parece ser a tendência. Marcela deixou um emprego em São Paulo para se dedicar à sua própria marca de sapatos e voltou a Belo Horizonte, para fazer tudo “no seu tempo, com mais sossego”. Além da corrida, ela planeja investir em ioga ou dança, “para fazer mais sentido” e espera que 2015 seja um ano de encontros e de conexões.

“Esse ano quero manter por perto as pessoas que eu gosto”, conclui.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave