A voz Celeste

iG Minas Gerais |

Saudações celestes, nação azul. Começou a Copa São Paulo e com ela a chance de ver o novo manto celeste, simplesmente divino e tão lindo quanto a nossa história. O que pudemos ver também em campo foi a garotada mostrando muita vontade e um bom futebol contra o ABC. Uma partida movimentada, apesar do calor. Porém, achei o Cruzeiro meio afobado em alguns lances e ainda sem padrão de jogo definido. Entretanto, o placar mostrou a superioridade contra o adversário. Gostei das atuações do goleiro Alencar, que compareceu quando solicitado, se mostrando bem seguro e decisivo. Hugo Ragelli, mesmo muito marcado, mostrou porque está sendo observado para se integrar ao elenco principal. Fiquei impressionado com a qualidade do Gabriel, camisa 10 de ofício, habilidoso e com ótima visão de jogo. É o maior de Minas comprovando que nosso futuro está seguro com esses novos talentos!

A voz da Massa Saudações alvinegras! Vem chegando, direto do Santa Cruz-PE, Danilo Pires. Destaque com sete gols na Série B do Brasileirão, o volante de 22 anos vem engrossar o elenco, que já conta seis jogadores na posição. Não posso dizer muita coisa sobre o Danilo, pois não o vi jogar. Busquei informações com amigos que fiz em Recife, quando joguei pelo Sport. Me disseram que o rapaz é bom, tem habilidade, força física e a principal característica é gostar de chegar à frente para finalizar. Tanto é que fez um número de gols considerado alto para um volante. Também escarafunchei com os meus chegados da base do Galo, onde ele jogou em 2010, e tive boas referências dele. Assim sendo, acho que o clube fez uma boa aquisição, pois o Danilo tem tudo para dar certo. Vai ter é que mostrar muito serviço para disputar espaço com feras como Leandro Donizete, Pierre e Josué!

Avacoelhada Na Copa São Paulo, América e Santa Cruz se enfrentam às 16h, em Taboão da Serra. Santiago, o artilheiro colombiano, foi contratado depois do prazo de inscrição da competição. Poderia formar eficiente dupla com Pabrício. Hugo ou Glauco, Danylo, Kevin, Roger e Diego devem compor o setor defensivo. Addan, Zé Ricardo, Christian e Iran, o meio de campo. Pabrício, Eduardo, Guilherme e Leo são opções para o ataque. A fim de evitar o erro cometido com Renatinho, quando o rendimento do meia-atacante caiu no último ano de júnior, devido à falta de desenvolvimento físico acompanhado do fisiologista do profissional, os nascidos em 95, deveriam começar uma preparação diferenciada na equipe principal. Embora Zé Ricardo seja 96, o jogador também poderia participar desse aprimoramento. Assim, estarão mais bem preparados para serem promovidos em 2016.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave