Galo e Raposa repetem fórmula de sucesso para a temporada 2015

Soberanos em 2013 e 2014, Atlético e Cruzeiro fizeram poucas contratações e mantiveram base do elenco para 2015

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

A quatro dias de iniciarem a temporada 2015, os elencos de Atlético e Cruzeiro apresentarão poucas novidades. Até o momento, oficialmente, o alvinegro acertou com o atacante Lucas Pratto, e os celestes com o lateral-direito Fabiano e os atacantes Leandro Damião e Joel. Enquanto o Galo quer mais dois reforços, um pode ser o volante Danilo Pires, ex-Santa Cruz, a Raposa tenta mais um, o avante colombiano Riascos. Os interesses dos mineiros não vão além disso e só mudarão caso algum atleta seja vendido e os clubes considerem necessário ir ao mercado buscar peças de reposição.

O baixo número de contratações reflete e muito no sucesso da dupla dentro das quatro linhas e na manutenção dos principais jogadores de ambos. Em 2014, o elenco do Atlético levantou a Recopa e a Copa do Brasil, enquanto o Cruzeiro comemorou o Campeonato Mineiro e o tetracampeonato brasileiro. Por isso, mais do que angariar novos nomes, o foco principal das duas diretorias foi manter os seus principais atletas.

Eleito para o seu primeiro mandato como presidente do Galo, Daniel Nepomuceno ratifica a qualidade do grupo. “Se sair alguma peça, aí vamos no mercado para buscar. Mas temos um grupo muito bom. Disse isso logo quando eu assumi a presidência”, declarou.

O mandatário alvinegro ainda lembrou a necessidade de um meia e o retorno de alguns atletas. “Estamos em busca de um meia. Mas as pessoas estão esquecendo que o Patric está voltando e o Giovanni Augusto também. O time está pronto”, concluiu.

O discurso do presidente Gilvan de Pinho Tavares segue a mesma linha. Ele destaca a vontade dos cruzeirenses de permanecer na Toca II.

“Os atletas estão satisfeitos e querem ficar no Cruzeiro. O Ricardo Goulart e o Everton Ribeiro estão sendo convocados para a seleção jogando no Cruzeiro. Não há necessidade de saírem para outras equipes. Eles estão aparecendo para o futebol brasileiro e mundial, recebendo em dia. Não precisam sair do Brasil”, afirmou. (Com Fernando Almeida e Thiago Prata)