Turquia autoriza construção de igreja em Istambul, primeira desde 1923

É a primeira igreja a ser construída desde a criação da república turca; governo espera que a liberdade religiosa ajude o país a entrar na União Europeia

iG Minas Gerais | AFP |

O governo islamo-conservador turco autorizou a construção de uma igreja em Istambul, a primeira desde a criação da república turca em 1923, a pedidos da pequena minoria siríaca - informou neste sábado (3) o governo. 

"Será a primeira desde a criação da República. Várias igrejas foram restauradas ou reabertas ao público, mas nenhuma nova ainda havia sido construída", explicou um funcionário do governo, que pediu anonimato. 

Os cristãos são minoria neste país laico com 99% da população muçulmana, onde o governo é criticado com frequência por sua "tendência islamita". 

O governo de Ancara, que espera que a Turquia entre na União Europeia, ampliou as liberdades religiosas - restaurando igrejas, monastérios e sinagogas. 

O novo templo será construído nos próximos meses no bairro de Yesilköy, em frente ao mar de Marmara, num terreno cedido pela prefeitura, segundo a fonte. 

O financiamento da obra será feito por uma fundação de defesa aos direitos dos siríacos (ortodoxos e católicos) que vivem principalmente no sudeste da Turquia, cerca de 20 mil pessoas.

Yesilköy, situado no lado europeu de Istambul e conhecido como Santo Estevão, seu antigo nome, já abriga outras três igrejas: uma armênia gregoriana, outra grega ortodoxa e uma terceira católica.

O papa Francisco, que visitou a Turquia no final de novembro, alertou para a situação precária em que vivem os cristãos do Oriente Médio, ameaçados pelos jihadistas no Iraque e na Síria.

Leia tudo sobre: Turquia; igreja