Avacoelhada

iG Minas Gerais |

Leandro Guerreiro e Mancini terão o objetivo de dar suporte aos atletas sub-23 em estágio de formação. Os experientes jogadores precisam ter perfil de liderança a fim de serem exemplos dentro e fora de campo. Repetirem a função orientadora de Fábio Júnior, da forma que o ex-atacante do América colaborou no desenvolvimento profissional de Matheus. Devido ao dinamismo do futebol, com predominância de velocidade e resistência física para suportar sequência de jogos, o revezamento entre os dois veteranos deve ser mais produtivo e eficiente. Em algumas partidas, o meio de campo ser formado por Guerreiro mais três atletas promissores. Em outras, Mancini seria o mais experiente do time. Diego e Paulinho são opções de primeiro volante. Renato Bruno e Dopô, de segundo. Júnior Lemos, Kaio, Patrick, Xavier, Renatinho e Pedrinho, meias-atacantes.

A voz da Massa Saudações alvinegras. A novela do contrato de Tardelli com o Galo já é campeã de audiência. O contrato do centroavante vai até 2017, mas parece que ele quer ir embora mais cedo para o Shandong Luneng, onde já está o técnico Cuca. Só que o time chinês quer pagar por Tardelli os mesmos 5,5 milhões de euros que ele custou ao Galo em 2013, e o presidente Nepomuceno, claro, não quer fechar negócio, pois não é vantajoso para o clube alvinegro. Quando da sua vinda, Tardelli estava mais pra lá do que pra cá. Então o Galo investiu nele, e hoje ele é o centroavante titular da seleção brasileira. Agora que está de boa, não pode ir saindo assim de qualquer jeito. Nessa bagunça toda, os chineses já tentaram intrujar até Montillo no Galo; se ele não quer vir, muito menos nós o queremos. Parece que esse “dramalhão mexicano” está longe do seu último capítulo.

A voz Celeste Saudações celestes, nação azul. O grande time de 2013 e 2014, certamente será novamente a sensação em 2015. No ano em que comemoramos os noventa e “TETRA” anos do maior de Minas, eu vejo um futuro repleto de grandes possibilidades e percebo um Marcelo Oliveira motivado, o que é muito bom para contagiar todo o elenco. Em outros tempos, começaríamos o ano com algumas incertezas, como a permanência dos nossos grandes craques, afinal era quase lei: se destacou, será vendido! Agora não, são outros tempos. Temos um presidente que deseja fazer história e deixar sua marca de forma incontestável no Cruzeiro. Tenho certeza que virá mais uma grande conquista, pois está na tradição celeste ser campeão. Tenho dito que a preferência é o tri da Libertadores. Entendam, quando La Bestia Negra joga, a América se curva! Rumo ao tri!

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave