Estado Islâmico sequestra dezenas de homens no Iraque

Total de 170 homens foram sequestrados nos povoados de Al Shajara e Gharib, ambos na província de Kirkuk, após a destruição de duas bandeiras do EI

iG Minas Gerais | AFP |

O Estado Islâmico sequestrou dezenas de homens em dois povoados do norte do Iraque acusados de queimar bandeiras do grupo jihadistas, informaram nesta sexta-feira (2) autoridades e moradores da região.

Segundo um oficial de Inteligência, o total de 170 homens foram sequestrados nos povoados de Al Shajara e Gharib, ambos na província de Kirkuk, após a destruição de duas bandeiras do EI.

"Membros da organização que vieram em 30 veículos levaram os sequestrados para o centro de Hawijah", uma localidade próxima onde o Estado Islâmico tem um tribunal e uma prisão, explicou o oficial.

Segundo um residente de Al Shajara, as mulheres dos sequestrados pediram pelo grupo e os homens do Estado Islâmico afirmaram que apenas os que queimaram as bandeiras serão castigados.

Um residente de Gharib disse que do povoado foram levadas 90 pessoas e que os militantes jihadistas procuravam cerca de 15 homens envolvidos na destruição de uma bandeira.

Esta não é a primeira vez que o Estado Islâmico realiza prisões em massa para enfrentar a resistência na Síria e no Iraque.

Em setembro passado, o Estado Islâmico sequestrou 50 pessoas na província de Kirkuk por queimar um posto de controle e uma bandeira dos jihadistas, e outras 20 foram acusadas de formar um grupo de resistência.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave