Morre mulher atropelada em festa de congado em São Tomás de Aquino

Vítima estava internada na Santa Casa de São Sebastião do Paraíso desde o dia 28 de dezembro; outras 14 pessoas ficaram feridas no acidente

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Barril de chopp foi encontrado na carroceria da caminhonete do motorista embriagado
REPRODUÇÃO TV SUDOESTE
Barril de chopp foi encontrado na carroceria da caminhonete do motorista embriagado

Morreu na manhã desta sexta-feira (2), uma das mulheres que estava entre as 15 pessoas que foram atropeladas durante uma festa de congado em São Tomás de Aquino, no Sul do Estado. Simone Martins, de 39 anos, estava internada na Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso desde o dia 28 de dezembro, data do acidente. De acordo com o diretor técnico do hospital, Daniel Figueiredo de Paula, ela sofreu fraturas graves principalmente nas regiões pélvica e abdominal, e morreu por falência múltipla de órgãos.

Ainda segundo o diretor, das outras oito vítimas que foram levadas para a Santa Casa, cinco tiveram alta, duas permanecem internadas e um foi transferido para a cidade de Passos. Trata-se do marido de Simone, que também estava na festa, e segue internado em estado grave.

O acidente aconteceu durante a madrugada, quando um jovem de 19 anos que dirigia uma caminhonete perdeu o controle do veículo e atropelou 15 pessoas que participavam da festa de congado, no bairro Rosário. De acordo com a PM, na carroceria do carro do suspeito havia um barril de chopp. Após acidente, o rapaz ainda tentou fugir do local e foi perseguido pela população, que chegou a agredi-lo antes da chegada da polícia. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas por apresentar sintomas de consumo de álcool, foi preso em flagrante.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi autuado por embriaguez ao volante e lesão corporal, e levado para o presídio de São Sebastião do Paraíso. Em depoimento, ele afirmou que o acidente aconteceu porque o carro apresentou um problema nos freios. A versão, no entanto, foi descartada pela perícia.

O delegado responsável pela apuração do caso, Rodrigo Bittar, ouviu 23 pessoas até o momento, entre vítimas e testemunhas. O inquérito deve ser concluído na próxima semana.

Leia tudo sobre: acidentecongadovitimamorresul de minas