Gerrard anuncia saída do Liverpool em julho, mas não vai se aposentar

Aos 34 anos, o jogador deve se transferir para o futebol dos Estados Unidos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O experiente Steven Gerrard está na seleção inglesa e é presença certa nesta lista
Divulgação/Getty
O experiente Steven Gerrard está na seleção inglesa e é presença certa nesta lista

Um dos maiores ídolos do Liverpool nos últimos 20 anos, o meia Steven Gerrard anunciou nesta sexta-feira, que irá deixar a equipe em julho, período em que chega ao fim o seu contrato com o time inglês. A informação foi divulgada no site oficial da equipe.  Aos 34 anos, Gerrard é o atleta mais experiente dos Reds e, por isso, desempenha a função de capitão do clube.

Em entrevista ao site oficial do Liverpool, Gerrard afirmou que resolveu anunciar a sua saída agora, justamente para dar fim às especulações sobre o seu futuro. 

"Esta foi a decisão mais difícil da minha vida, aquela que fez eu e a minha família ficar agonizando   por um bom tempo. Eu estou fazendo o anúncio agora para que o gerente e a equipe não se distraiam com histórias ou especulações sobre o meu futuro”, afirmou Gerrard ao site oficial do Liverpool.

A imprensa inglesa também já havia mencionado uma possível aposentadoria do jogador, em 2015. Mas Gerrard  já indicou que irá continuar a carreira fora da Inglaterra, provavelmente no futebol dos Estados Unidos.

"Minha decisão é completamente baseada em meu desejo de experimentar algo diferente na minha carreira e na vida, e eu também quero ter certeza de que não terei arrependimentos quando minha carreira de jogador acabar”, afirmou o meia.

Steven Gerrard começou a carreira no Liverpool, em 1987, quando tinha 7 anos de idade e foi revelado pela equipe inglesa. O jogador é considerado um dos melhores meias do mundo e também se destaca por conseguir desempenhar a função de volante marcador.

Nos 27 anos atuando pelos Reds, Gerrard marcou 180 gols e conquistou 10 títulos com o time de Anfield, incluindo a Liga dos Campeões em 2005.

“É um lugar muito especial para fazer parte. É minha sincera esperança e desejo que um dia eu possa voltar a servir o Liverpool novamente, na minha melhor capacidade de ajudar o clube,” concluiu o jogador.

Na temporada 2014/2015, o Liverpool não passa por um momento bom, ocupando a oitava posição no Campeonato Inglês e foi eliminado da Liga dos Campeões, ainda na fase de grupos.   

Leia tudo sobre: liverpoolsteven gerrard2015saidafutebolestados unidos