Pai vê filho ser baleado, tenta defender, mas os dois são assassinados

Ao escutar os tiros, homem de 58 anos jogou pedras contra criminosos; outro filho da vítima foi baleado, mas sobreviveu

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um duplo homicídio abalou uma família de Itabira, na região Central do Estado, faltando 50 minutos para 2014 acabar. Pai e filho foram assassinados e um outro jovem ficou ferido na noite dessa terça-feira (31). O homem de 46 anos foi executado ao tentar defender o filho de 21.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, Deverson Santos de Oliveira estava na calçada de casa, localizada na rua João Monlevade, no bairro Praia, conversando com o pai e o irmão quano dois homens chegaram em uma motocicleta.

O garupeiro se aproximou do grupo e, sem dizer nada, começou a disparar contra Deverson, que foi atingido várias vezes. Ao ouvir os disparos, Raimundo Santos de Oliveira pegou algumas pedras e arremessou contra os suspeitos.

Nesse momento, ele também foi baleado. Pai e filho não resistiram aos ferimentos. Já um outro filho de Raimundo, um jovem de 24 anos, levou um tiro no pé e foi encaminhado a um hospital da cidade. A princípio, ele não corre risco de morte.

Ninguém da família soube informar aos militares a autoria e motivação dos crimes. Policiais fizeram rastreamento na região, mas os criminosos não foram encontrados. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Itabira. 

Leia tudo sobre: itabirafilhopai