Ao custo de R$ 5,9 milhões, deputados visitam 61 países

O segundo maior destino dos parlamentares foi a Suíça, que recebeu 68 viagens. À China foram 51 viagens e à França, outras 41

iG Minas Gerais |

Com viagens pagas pelo contribuinte e a pretexto de representar o país em eventos por todo o mundo, os deputados federais conheceram um total de 61 países durante a última legislatura. De 2011 a 2014, os parlamentares gastaram R$ 5,9 milhões em mais de 900 viagens por toda parte do planeta, além de centenas de deslocamentos pelo Brasil. Dos tradicionais destinos, como Estados Unidos, França e Itália, a lugares menos frequentados, como Estônia, Azerbaijão e Curaçao. Nenhum lugar recebeu tanto nossos parlamentares quanto o território norte-americano. Foram 197 viagens aos Estados Unidos, a maioria delas para Nova York, para eventos da Organização das Nações Unidas. Outro destino comum foi Las Vegas. A cidade dos cassinos recebeu os deputados brasileiros em várias ocasiões. A maioria delas para participações na NAB Show, feira de negócios anual de uma entidade que agrega mais de 8.300 emissoras de rádio e de TV em todo mundo. O segundo maior destino dos parlamentares foi a Suíça, que recebeu 68 viagens. À China foram 51 viagens e à França, outras 41. Alemanha, Rússia, Bélgica, Cuba, Espanha, Inglaterra e Canadá foram outros destinos bastante visitados por nossos representantes. O local mais insólito que recebeu os deputados brasileiros, certamente, foi a Antártida. Foram duas viagens para lá. Uma de Cleber Verde (PRB-MA) e outra de Nelson Pellegrino (PT-BA). Se considerarmos também os senadores, a lista sobe ainda mais, incluindo destinos como Quênia e Vietnã. Foram gastos R$ 637 mil pelos senadores.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave