Papa pede um ano sem guerras

"A paz sempre é possível nas temos que preservá-la", disse

iG Minas Gerais | AFP |

Francisco é o 1º papa a visitar uma igreja evangélica pentecostal
Francisco é o 1º papa a visitar uma igreja evangélica pentecostal

O papa Francisco fez votos nesta quinta-feira, primeiro dia de 2015, para que o ano acabe com todas as guerras no mundo durante sua tradicional mensagem de Ano Novo.

Francisco dedicou seu discurso, pronunciados diante de milhares de fiéis sob o sol na Praça São Pedro, à Jornada Internacional da Paz.

"Que acabem as guerras", pediu o papa argentino. "A paz sempre é possível nas temos que preservá-la", acrescentou.

"A oração é origem da paz. Feliz Ano Novo a todos. Que seja um ano de paz na ternura do Senhor", desejou.

A mensagem de paz, após o violento ano de 2014, com recordes de mortes na Síria e no Iraque, também foi enfatizada em sua tradicional missa no interior da Basílica. 

Leia tudo sobre: papa franciscoano novodiscursoguerras