Atentado suicida em cerimônia xiita deixa 49 mortos no Iêmen

Os Estados Unidos, aliados do Iêmen na luta antiterrorista, condenaram com firmeza o atentado

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Ao menos 49 pessoas morreram na quarta-feira na cidade iemenita de Ibb (centro) em um atentado contra uma cerimônia na qual participavam partidários de uma milícia xiita, indicaram nesta quinta-feira testemunhas e fontes médicas.

"O balanço do atentado de Ibb chega a 49 mortos e 70 feridos", declarou por telefone uma fonte médica à AFP.

Outra fonte médica confirma este balanço e afirma que "12 das 49 vítimas não puderam ser identificadas".

Um primeiro balanço contabilizava na quarta-feira ao menos 33 mortos e dezenas de feridos.

Um terrorista vestido de mulher acionou seu cinturão de explosivos na entrada de um centro cultural em Ibb, a capital da província de mesmo nome, de maioria sunita, mas que está há meses nas mãos de milicianos xiitas do movimento Ansaruallah.

O atentado ocorreu quando os partidários da Ansaruallah estavam reunidos por ocasião do Muled, o aniversário do profeta Maomé, que os muçulmanos comemoram no próximo fim de semana, indicaram testemunhas.

Os Estados Unidos, aliados do Iêmen na luta antiterrorista, condenaram com firmeza o atentado, enquanto o departamento de Estado prometeu em um comunicado que Washington "continuará apoiando o governo e o povo do Iêmen contra a ameaça comum dos extremistas violentos".

Os corpos dos falecidos no atentado foram levados a dois hospitais da cidade, indicaram fontes médicas.

AFP

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave