Tião Viana toma posse nos primeiros minutos de 2015

Caso cumpra seu mandato até 2018, Viana deverá garantir ao PT duas décadas seguidas no comando do Acre

iG Minas Gerais | Folhapress |

Divulgação
undefined

O governador do Acre, Tião Viana (PT), tomou posse nos primeiros minutos de 2015. Viana optou por uma cerimônia-relâmpago, que durou cerca de 20 minutos, para que pudesse estar presente na posse da presidente Dilma Rousseff, em Brasília, que acontece na tarde desta quinta-feira (1º).

O governador destacou alguns dos desafios dos próximos quatro anos, entre eles erradicar o analfabetismo em maiores de 15 anos.

"O que eu quero fazer no próximo mandato é conduzir com cada vez mais esforço de simplicidade, trabalhando cada vez mais próximo das pessoas, tentando traduzir o sentimento das pessoas, tomando as medidas mais adequadas para o melhor resultado de mudança na qualidade de vida, consolidando desenvolvimento e conservação dos recursos naturais", disse o petista.

Viana afirmou que a gestão do Estado está centrada na convergência de três eixos: o desenvolvimento, a qualidade de vida e a preservação dos recursos naturais.

Médico, Sebastião Viana Macedo Neves, 53, também é docente da UFAC (Universidade Federal do Acre). É casado há 22 anos com a arquiteta Marlúcia Cândida e é pai de três filhos. Foi senador pelo PT por 12 anos antes de assumir o governo.

Antes dele, governaram o Estado o atual senador Jorge Viana (1999-2006), irmão de Tião, e Binho Marques (2007-2010).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave