Pai usa carro para invadir UPA por ser impedido de ver o filho

Homem estava embriagado, agrediu funcionários da unidade de saúde e policiais militares; ele quebrou as portas de vidro e danificou cadeiras da recepção

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Homem usou veículo para entrar na UPA
Polícia Militar/Divulgação
Homem usou veículo para entrar na UPA

Um pai, de 25 anos, embriagado, teve um acesso de fúria e invadiu uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), em Campo Belo, na região Centro-Oeste de Minas Gerais, no fim da noite dessa terça-feira (30). O filho dele estava recebendo atendimento no local e ele foi impedido de entrar, devido ao estado de exaltação que apresentava.

De acordo com a Polícia Militar (PM), R.V.E.L. agrediu verbalmente uma funcionária da UPA e se exaltava cada vez mais. Como não estava tendo sucesso, o homem começou a ameaçar danificar o local com o seu veículo.

Apenas as ameças não surtiram efeito e o jovem buscou o seu Fusca, que estava estacionado na porta da unidade e arremessou o carro contra as portas de vidro na entrada do local, quebrando-as. Não satisfeito, ele fez uma manobra de marcha ré, colidindo com uma pilastra. Depois, voltou a engatar a primeira marcha e ficou acelerando bruscamente o veículo, até arrancar.

Os pacientes que estavam na sala de espera tiveram que correr para não serem atingidos. No local, havia, inclusive um cadeirante.

A porta da UPA ficou completamente destruída, as cadeiras da recepção ficaram danificadas, assim como a coluna atingida pelo carro. O para-brisa do veículo quebrou e o homem ficou ferido no rosto.

O jovem apresentou resistência e os policiais precisaram algemá-lo. Ele agrediu os policiais com chutes e se negou a fazer o teste do bafômetro. O homem apresentava sinais de embriaguez, como andar cambaleante e olhos vermelhos. Ele recebeu os cuidados médicos na unidade e depois foi encaminhado para delegacia.

O Fusca foi apreendido. Toda a ação foi filmada pelas câmeras de segurança da UPA. A unidade não teve o seu funcionamento interrompido.

O filho do suspeito estava recebendo acompanhamento médico acompanhado da mãe.

Leia tudo sobre: carrofuscapaifilhoUPAinvade