Dia de rock para o ano que já vem

Guitarras serão o som principal de cinco espaços da cidade, que também terão MPB e discotecagens na virada

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Cover. O vocalista Renato Amand revive Freddie Mercury à frente da banda Lurex, cover de Queen
MARCOS BELLUSCI/divulgação
Cover. O vocalista Renato Amand revive Freddie Mercury à frente da banda Lurex, cover de Queen

Não precisamos nos enganar. Você queria ter rumado para o litoral para pular as sete ondas da sorte ou ter fugido para além das montanhas, mas, por desatino ou obrigação, é um dos remanescentes desta cidade vazia, cheia apenas de taxistas solitários vagando ao léu no último dia do ano. Só que nem por isso precisa assistir a 2015 chegar sentado no sofá. Para fugir do marasmo, um roteiro especial abastece pelo menos seis casas de shows da cidade com rock’ n’ roll, pop e música popular brasileira, a exemplo da tradicional discotecagem indie da Obra Bar Dançante e dos shows de covers conhecidos como Cartoon e Velotrol, no Circuito do Rock.

A vantagem para quem for fazer a contagem regressiva em algum desses espaços é que boa parte das opções dá direito a open bar, pratos quentes e mesa de café da manhã – o lado negativo, porém, é que os preços salgados podem variar de R$ 60 a inacreditáveis R$ 260 para aproveitar a noite de révellion. O Godofredo Bar, no Santa Tereza, por exemplo, oferece uma taça de champanhe à meia-noite a quem for prestigiar o show de Milton Maravilha e Marilton Borges, a partir das 19h. A dupla vai entoar sucessos do Clube da Esquina, além de diversas releituras da MPB em um show intimista para cerca de 140 pessoas. Quem quiser ouvir guitarras altas em vez de violões pode aproveitar a programação do Circuito do Rock, a partir das 22h. No Jack Rock Bar, enquanto a banda Lurex interpreta repertório fiel ao Queen, as bandas Lithium e Rock Station passeiam por covers de Led Zeppelin, System of a Down, Ramones, Rage Against The Machine, Creedence, Pearl Jam, Rush, Nirvana e Dee Purple. Já a Circus Rock Bar recebe a banda Ca$h com o melhor de Foo Fighters, Green Day, AC/DC, Red Hot Chili Peppers, além dos veteranos do Velotrol, que sobem ao mesmo palco para reviver o som de ícones do rock dos anos 1980, como New Order, The Smiths, The Cure e Depeche Mode. Nas duas casas administradas pelo empresário Gustavo Jacó, que devem receber cerca de mil pessoas, o público terá direito a open bar com cervejas, uísque, água, refrigerante, citrus, vodca, caipifrutas, espumante e energético, além do open food com mesa de frios, pratos assados e fritos, e a novidade de um café da manhã completo. “O pessoal vai ficando até amanhecer. Pelo menos até as 5h, vamos ter uma banda no palco fazendo som ainda. Por isso, tivemos uma demanda do próprio público para neste ano fazer um café da manhã, que nunca havia sido feito em sete anos em que produzimos o réveillon nessas casas com muito rock”, diz Jacó. O som das guitarras também vai ecoar das 22h até o amanhecer no Stonehenge Rock Bar, com som autoral da banda Cartoon, além do Rocks Off reverberando covers de Bealtes e Rolling Stones, e a tradicional banda Seu Madruga com releituras de AC/DC. A festa teve todos os ingressos esgotados e também vai oferecer ao público open bar e open food com direito a café da manhã a partir das 5h. Em uma das mais tradicionais opções da cidade para virar o ano na balada, a Obra Bar Dançante ainda oferece a discotecagem indie e pop dos DJs Gil Radiola, Bê e Capitão Insano, a partir das 22h.

Programação Godofredo Bar. Milton Maravilha e Marilton Borges, às 19h. Entrada: R$ 60. Jack Rock Bar. Lithium, Rock Station e Lurex, às 22h. Ingressos: R$ 190 a R$ 260. Circus Rock Bar. Ca$h e Velotrol, às 22h. Ingressos: R$ 190 a R$ 260. A Obra Bar Dançante. DJs Gil Radiola, Bê e Capitão Insano (rock, oldies e pop), às 22h. Ingressos: R$ 25. Stonehenge Rock Bar. Cartoon, Rocks Off e Seu Madruga, a partir das 22h. Entrada: R$ 130 (1º lote)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave