Criação de terminal causa confusão entre usurários de ônibus na RMBH

Operação começou nesta terça-feira e transformou linhas metropolitanas em alimentadoras; funcionamento de estação foi programada inicialmente para o Natal, mas foi adiado

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Confira as mudanças nas linhas dos ônibus
Setop/Divulgação
Confira as mudanças nas linhas dos ônibus

Os usuários do transporte coletivo na região metropolitana de Belo Horizonte, precisarão se adaptar a uma novidade. Começou a operar, nesta terça-feira (30), o Terminal Morro Alto, em Vespasiano. A intenção é atender 45 mil passageiros por dia também em Pedro Leopoldo, Jaboticatubas, Lagoa Santa e Belo Horizonte.

O início do funcionamento do terminal, contudo, causou transtorno entre alguns passageiros. Nesta manhã, como de costume, o usuário Paulo das Virgens, 45, saiu de casa para pegar a linha 5600, que também atende o seu bairro Alto São Cosme, em Santa Luzia, mas o ônibus não passou para levá-lo à capital.

"Ontem (nessa segunda-feira, 29) usei essa linha normal e não tinha nada avisando que não funcionaria hoje mais", reclama. Com a mudança, Paulo das Virgens vai ter que pegar dois ônibus e ainda caminhar, pelo menos 30 minutos, até sua casa.

De acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), esta linha em questão 5600 (Santa Clara/BH)  passou a operar como linha alimentadora para este terminal e, em função da existência de itinerário coincidente com os das linhas 5680 e 5690, houve fusão dos serviços.

Agora, a linha 5600 passa a ser conhecida como São Cosme Morro Alto e as informações operacionais – sobre itinerário, quadro de horário e tarifa – podem ser obtidas no site do Departamento de Estradas de Rodagens (DER/MG). 

Ainda, conforme a Setop, a criação do terminal foi amplamente divulgada por meio de panfletos entregue aos usuários e afixados nos veículos. Além disso, os passageiros ganharam mais cinco dias para se informarem sobre o início da operação do terminal, que estava prevista para o Natal e foi adiado para esta terça.

Com a implantação do terminal, a expectativa é de reduzir de 157 para 62 o número de veículos originados da região circulando no centro de Belo Horizonte. Isso ocorrerá graças ao sistema tronco-alimentador que integrará no terminal. Dos bairros, sairão 21 linhas alimentadoras e das cidades próximas ao terminal e três linhas troncais farão o trajeto até a região central e área hospitalar da capital.

Para as linhas diretas e paradoras, que passarão pela avenida Antônio Carlos, o desembarque no centro da capital será na praça Aarão Reis, ao lado da praça da Estação. Já para a linha que atenderá a área hospitalar, via Cristiano Machado, o desembarque será nos pontos já utilizados.

Integração e cartão Ótimo

O benefício da integração entre as linhas alimentadoras e troncais do sistema MOVE Metropolitano só pode ser usufruído com o uso do cartão Ótimo que permite ao passageiro realizar a integração física no Terminal Morro Alto sem acréscimo de tarifa. A recarga do cartão Ótimo pode ser feita com qualquer valor, nos postos de venda dos terminais e das estações de transferência. Estes cartões não são descartáveis, poderão ser de uso permanente e individual dos passageiros e será distribuído gratuitamente nos ônibus e no terminal pelos próximos dez dias. Após esse período será cobrado um valor de R$2,00 pelo cartão.

Dúvidas relacionadas às linhas, itinerários e tarifas ligue 155, opção 6 (LigMinas) ou acesse www.consultas.der.mg.gov.br. Sobre o cartão ÓTIMO e as integrações ligue (31)3516-6000 (SAC ÓTIMO) ou acesse www.otimoonline.com.br.

Leia tudo sobre: Terminal Morro Altoônibusconfusãousuárioscriação