Um olhar para dentro de si

iG Minas Gerais |

Autoconhecimento. A professora de ioga Ailla Pacheco afirma que devemos voltar o foco para o interior
Cleo Baptista / Divulgação
Autoconhecimento. A professora de ioga Ailla Pacheco afirma que devemos voltar o foco para o interior

Conectar-se com a paz interior também era o plano da artista argentina Chaya Vázquez, 34, que saiu de Belo Horizonte, onde mora há muitos anos, para fazer seu primeiro retiro espiritual em 2013. No ano seguinte, guiada pelo mestre Vasant Swaha, ela intensificou a busca pelo autoconhecimento ao participar de mais dois retiros espirituais em Santa Catarina.

“O retiro dura um mês. Nos primeiros 15 dias, você passa por um processo de esvaziamento, e, na outra quinzena, é a fase do silêncio. Não há contato visual com as pessoas. Você se aprofunda em suas questões, com trabalhos e meditações que duram o dia todo”, explica.

“No fim do retiro, escrevi uma carta para o mestre, explicando o que tinha aprendido. Percebi que, por ter me sentido muito sozinha durante a infância, passei a vida toda procurando amor nos outros, por tudo o que é canto. Tentando preencher essa lacuna”, avalia a artista argentina.

Sem sair de Belo Horizonte, o designer Lucas Hunguieri, 23, encontrou sua paz de frente ao tambor, ao penetrar no universo do maracatu. Após fazer a oficina do grupo Trovão das Minas, Lucas viu no batuque uma terapia e um caminho para entender sua espiritualidade. “Também é perceptível o aumento da qualidade de vida, pela quantidade de amigos que fiz, pela felicidade que sinto ao tocar qualquer um dos instrumentos e por mais milhares de motivos”, pontua.

Apesar de ter sido criado em uma família católica, o designer nunca sentiu que era essa a sua fé. O envolvimento com o maracatu foi a ponte para que ele encontrasse, de fato, sua espiritualidade. “Sempre tive interesse pelas religiões africanas e, no maracatu, tive certeza de que esta era minha crença. Por meio do maracatu, conheci muito mais dos orixás e percebi melhor suas energias em minha vida”. (LB)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave