PM encontra 'chupa-cabra' em caixas eletrônicos no Centro de BH

Três envelopes de depósito, com o total de R$ 715, foram encontrados retidos nos dispositivos instalados por bandidos

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Peça de metal é introduzida no local onde os envelopes são depositados
PM/Divulgação
Peça de metal é introduzida no local onde os envelopes são depositados

Um denúncia levou a Polícia Militar (PM) a detectar três dispositivos conhecidos como "chupa-cabra", usados para reter envelopes com depósitos que posteriormente teriam valores retirados por bandidos, em uma agência do Bradesco localizada no Centro de Belo Horizonte.

Segundo o cabo Sérgio Luiz, da 6ª Companhia do 1º Batalhão da PM, a agência fica na rua Curitiba. "Assim que chegamos percebemos que três caixas eletrônicos estavam com os dispositivos, que são feitos de ferro. Após retirá-los, constatamos que haviam três envelopes diferentes de depósitos retidos", explicou o policial.

Dentro dos envelopes, os militares encontraram o total de R$ 715, que seria o lucro obtido pelas pessoas que instalaram os equipamentos.  "Recolhemos todo o material e levamos para a Central de Flagrantes (Ceflan), no bairro Floresta, na região Leste de BH, onde foi registrada a ocorrência", contou o cabo Luiz.

No momento da ação da polícia, o banco estava fechado e nenhum funcionário foi encontrado. Posteriormente, imagens de câmeras de segurança poderão auxiliar a Polícia Civil (PC) na identificação dos suspeitos. 

Leia tudo sobre: chupa cabrachupa-cabradispositivodepósitosenvelopesbancobradescocentrorua curitiba