Venina Velosa foi integrante do conselho de Abreu e Lima

iG Minas Gerais |

Brasília. A ex-gerente da Petrobras Venina Velosa – que afirma ter alertado o comando da empresa sobre irregularidades em contratos da refinaria Abreu e Lima – foi uma das três integrantes do Conselho de Administração da bilionária obra em Pernambuco.

Entre 7 de março de 2008 e 21 de junho de 2009, Venina foi um dos três membros do conselho, segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”.

Nesse período, a subsidiária da estatal assumiu os contratos bilionários da obra que eram de responsabilidade da Petrobras, abriu concorrências com convite para empresas do cartel alvo da Lava Jato e assumiu o contrato que previa pagamento de R$ 4,2 milhões à Companhia Pernambucana de Saneamento.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave