A voz Celeste

iG Minas Gerais |

Saudações celestes! Eis que surge um nome latino para se tornar volante no elenco celeste, Felipe Seymor, chileno e casca grossa. Se realmente se concretizar, acho boa a contratação, afinal é um jogador experiente: foi campeão da Copa Sul-americana em 2011 pelo Universidad de Chile e vem pra agregar muito valor. Vamos aguardar pra ver. Estou ansioso, como todo o restante da torcida, por outros reforços. Falta aquele nome de peso. Ninguém contesta a qualidade dos nossos tetracampeões, entretanto, sabemos que o páreo será duro em 2015, e o nosso elenco precisa se equilibrar. Temos a certeza da convocação de Everton Ribeiro e Goulart, e já sabemos do desgaste que virá pelo nível das competições que disputaremos. A meta principal, obviamente, é nosso tricampeonato da Libertadores, mas queremos que o Cruzeiro entre em qualquer campeonato com qualidade e muita força.

Avacoelhada

Embora Pedrinho tenha se destacado no Boa pelas finalizações de longa distância, a contratação de um jogador de 20 anos está mais para aposta do que reforço para ser titular. Na condição de atleta em formação, a fim de evitar o erro cometido nas contratações do Vitor Hugo e Andrei, quando os contratados participaram durante dois anos de um estágio de desenvolvimento e depois foram negociados sem o América ter lucrado com a saída deles, o Coelhão deveria ter prioridade na renovação ou direito no percentual econômico do contratado. Caso o São Paulo tenha incorrido na mesma falha de avaliação americana, em relação ao potencial e desenvolvimento dos sub-23, a produtividade do Pedrinho poderá ser de jogador quase pronto. Ainda assim, vai precisar demonstrar que está mais bem preparado que Júnior Lemos, Kaio, Patrick, Xavier e Renatinho.

A voz da Massa

Saudações alvinegras! Eu já perdi a conta de quantos amigos me perguntaram sobre o que eu penso que Levir irá fazer quando Réver voltar ao Galo, no ano que vem. Normalmente eu tenho uma opinião sobre a armação do time, mas desta vez não tenho a menor ideia do que o nosso técnico planeja fazer. Mudar o esquema para três zagueiros? Acho temerário e pouco provável, pois o time jogou muito bem nesta temporada com o esquema 4-4-2, e pelo que sei, Levir não gosta de jogar com três zagueiros. Tirar Jemerson do time? Nem pensar – o moleque tá jogando muito e já tomou conta da posição igual um veterano! Tampouco é uma boa ideia tirar Léo Silva do time. Entretanto, deixar Réver no banco é um desperdício! Bem, tudo isso é um angu de caroço que Levir vai ter que resolver. Mas, pra sorte nossa, ele já provou que é bom de serviço. Dá-lhe, Galo!

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave