Após briga, ateia fogo no marido

MVítima teve 45% do corpo queimado e pode perder a visão do olho esquerdo

iG Minas Gerais | Cinthia Ramalho |

RICARDO MALLACO
undefined

Uma mulher ateou fogo ao corpo do próprio marido, após uma discussão na madrugada de ontem, no bairro Jardim Teresópolis, em Betim, na região metropolitana. A vítima foi socorrida para o hospital João XXIII e, segundo os médicos, teve 45% do corpo queimado e pode perder a visão do olho esquerdo.

De acordo com a Polícia Militar, José Messias de Oliveira, de 45 anos, contou aos policiais que chegou em casa de madrugada e, por isso, a mulher teria começado uma discussão. Para não prolongar a briga, ele foi dormir. Porém, quando começou a cochilar, foi surpreendido por Manuela Rodrigues Severo, de 24 anos, que jogou acetona no corpo dele e ateou fogo.

À polícia, Manuela admitiu ter jogado acetona no corpo dele, mas negou ter ateado fogo. Segundo ela, o fogo teria começado por causa de um cigarro que estava nas mãos da vítima. Ainda segundo Manuela, ao ver o marido pegando fogo, ela o levou até o banheiro e ligou o chuveiro. Depois, foi pedir socorro aos vizinhos. Manuela prestou depoimento e foi levada ao Ceresp Centro-Sul, em Belo Horizonte. (Com Juliana Baeta)

Versão

Parentes da vítima contam que o casal está junto há mais de um ano e que os dois têm um bebê de seis meses. Ainda segundo familiares, Oliveira tem duas filhas com a ex-mulher.

Reincidente

Segundo a cunhada de José de Oliveira, Geisiane de Oliveira, de 27 anos, esta foi a segunda vez que Manuela teria colocado fogo ao corpo do marido. Ainda segundo ela, Manuela é usuária de drogas e fica agressiva quando faz uso dos entorpecentes. Parentes da vítima afirmaram que Manuela foi presa por tentativa de homicídio. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave