Petistas remanescentes estão na mira dos cortes

iG Minas Gerais |

Um dos principais alvos da “limpa” do prefeito Marcio Lacerda (PSB) são petistas que permanecem no Executivo mesmo depois do rompimento entre PT e PSB.

“Ainda existem algumas pessoas ligadas ao PT em cargos de gerência na prefeitura. Eram quadros técnicos que se filiaram em algum momento ao partido”, revelou a fonte do PSB. “Tivemos uma aliança que nos apoiou em 2012. Nós temos um novo quadro agora, até a eleição de 2016”, justificou Marcio Lacerda. (TT)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave