Moscou tem engarrafamento recorde após grande nevasca

Termômetros chegaram a marcar -7°C e neve deixou uma camada de até 12 centímetros nas ruas

iG Minas Gerais | Da redação |

Moscou enfrenta uma quinta-feira caótica e um engarrafamento histórico por causa da primeira grande nevasca deste inverno, que deixou uma camada de até 12 centímetros de neve nas ruas.

Um trecho de 50 quilômetros da estrada que rodeia a capital russa ficou totalmente parado, no que pode ser o maior engarrafamento já registrado em Moscou, segundo o "Yandex", site russo que monitora em tempo real o trânsito na cidade, cujo trânsito é considerado um dos mais complicados do mundo.

"Pela primeira vez este ano, Moscou alcançou engarrafamentos de 10 pontos (em uma escala de 10) na primeira metade do dia", assinalou um comunicado de Yandex. Mais de 150 voos atrasaram nos três aeroportos internacionais de Moscou, mas poucos foram cancelados.

A aterrissagem de aviões vindos de capitais e grandes cidades europeias, entre elas Barcelona, Milão, Praga, Viena e Munique, também atrasou.

A capital russa amanheceu o dia de Natal completamente coberta de neve e com rajadas de vento de até 60 quilômetros por hora. A temperatura estava em -7º C durante a tarde de quinta (manhã em Brasília) e deve atingir até -11º C durante a madrugada. 

Folhapress

Leia tudo sobre: Moscounevascaneveinverno