Lateral do Guarani, Raul Tomas Barros, é baleado durante assalto

Bandidos atiraram contra o atleta e levaram carro; por meio de nota, assessoria do Guarani informou que a situação do jogador é estável e não apresenta nenhum risco

iG Minas Gerais | Breno de Araújo |

A assessoria do Guarani informa que a situação do atleta é estável e não apresenta nenhum risco
Divulgação Guarani Esporte Clube
A assessoria do Guarani informa que a situação do atleta é estável e não apresenta nenhum risco

O jogador Raul Tomas Barros, lateral do Guarani Esporte Clube, foi baleado quando saía de casa na noite desta terça-feira (23), durante um assalto em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas Gerais.

De acordo com a Polícia Militar (PM), dois homens armados efetuaram dois disparos contra o atleta. Os assaltantes levaram o carro, um Fiat Pálio Fire Flex prata.

O presidente do clube, Gilson Morais e o gerente de futebol, Renato Montak estiveram agora pela manhã na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde o atleta está internado.

Em nota, a assessoria do Guarani informou que a situação do atleta é estável e não apresenta nenhum risco. Raul foi atingido no alto da coxa e o projétil não ficou alojado, o outro disparo acertou de raspão no ombro.

Segundo a  PM, os suspeitos continuam foragidos e o carro não foi encontrado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave