Alunos dedicados se dão bem

iG Minas Gerais |

Para ser o primeiro lugar do Enem 2012, entre 7 milhões de estudantes, Mariana Drummond, 19, estudava de manhã, de tarde e de noite, todos os dias, desde o 1º ano do ensino médio. Diretores das instituições melhor colocadas no exame de 2013 atribuem a média alta no processo seletivo principalmente à dedicação da grande quantidade de alunos das escolas.

Mariana se matriculou no Colégio Bernoulli, na região Centro-sul da capital, no 2º ano, com o objetivo de entrar no curso de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Agora, que ela estuda na instituição pública, continua se dedicando muito à escola. “Acho divertido estudar. No Bernoulli, a gente faz simulado do Enem semanalmente”.

Para o diretor de Ensino do Bernoulli, Rommel Domingos, as características dos 300 alunos que fizeram o Enem foram o principal motivo para a instituição ficar no segundo lugar geral do país nas médias no exame. “Temos material didático exclusivo, para instruir os alunos do jeito que entendemos ser o melhor”, completou. A escola existe há 12 anos.

tradição. Mais antigo, com 105 anos de ensino, o Colégio Santo Antônio, na mesma região, fica bem colocado no ranking das escolas brasileiras desde a primeira divulgação, em 2008 – a pior posição foi o 13º lugar. Neste ano, conquistou a quinta colocação.

“A escola é gerida por frades franciscanos e tem foco na formação humana. Estamos sempre nos atualizando. Os estudantes normalmente são filhos de ex-alunos e sabem que terão que estudar”, disse Olavo Campos, coordenador pedagógico. (JS)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave