Orçamento confirma salário mínimo de R$ 790 em janeiro

Proposta só será votada em fevereiro

iG Minas Gerais | Da redação |

Agora é oficial: a partir do dia 1º de janeiro, o salário mínimo passa a valer R$ 790. A Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso aprovou, na noite de segunda-feira, o relatório final da proposta de Orçamento de 2015. O texto, aprovado por unanimidade após acordo, inclui o salário mínimo de R$ 790 a partir de 1º de janeiro. Hoje, é de R$ 724.

O aumento nominal (sem descontar a inflação) é de 9,1%. O mínimo é calculado a partir de uma fórmula que leva em conta a inflação do ano anterior e o crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

O estabelecido na proposta orçamentária encaminhada pelo Executivo era de R$ 788,06. O relator, senador Romero Jucá, arredondou o valor. Esse incremento, disse Jucá, terá impacto de cerca de R$ 1,2 bilhão. “É exatamente para facilitar a vida dos trabalhadores, das empresas e para garantir um ganho real no reajuste”, afirmou.

A proposta, no entanto, foi aprovada só pela comissão. A expectativa de líderes governistas é que o texto seja votado em plenário – última etapa de análise – pelo novo Congresso, que toma posse em fevereiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave