Minientrevista

Henrique Rufino - Diretor geral da Clear CFTV

iG Minas Gerais |

Como está o mercado? Na tecnologia, está ótimo. Estamos na prévia de uma grande nova onda, porque o mercado de tecnologia não tem uma revolução, tem várias ondas que trazem inovações.

E qual será a próxima onda? É a internet das coisas, que está pra acontecer de imediato, num prazo máximo de 18 meses, já vai ter uma revolução de muitos equipamentos voltados para esse pensamento de internet das coisas.

O que é internet das coisas? Todos os dispositivos eletrônicos hoje tendem a ter uma comunicação para internet. O ECTV captura imagens dasua casa pelo celular, isso é internet das coisas.

E qual será o diferencial? Vai ser a interoperabilidade dos sistemas. Hoje, eu não posso conceber o ECTV para funcionar sozinho, ele tem que funcionar com outro dispositivo, que cuida de alarme, controle de acesso.

O que é preciso fazer? Buscar tecnologia que tenha um protocolo universal de comunicação, para integrar tudo via sistema. Essa é a grande mudança que está acontecendo hoje na tecnologia de segurança.

E o que a Clear quer fazer? Queremos expandir essa tecnologia para os usuários comuns, colocar no carro, monitorar os filhos, em tempo real, pelo celular. (HL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave