Batucadas de Natal e solidariedade no Alto Vera Cruz

iG Minas Gerais | gustavo rocha |

Rapper Flávio Renegado é um dos parceiros do Samba de Noel
JÚLIA LANARI/DIVULGAÇÃO
Rapper Flávio Renegado é um dos parceiros do Samba de Noel

Há seis anos para a comunidade do bairro Alto Vera Cruz e adjacências, as festividades natalinas rimam com batucadas de samba. Este ano, mais uma vez, no dia 25, bambas se reúnem para fazer um Natal musical com o evento Samba de Noel. “É uma maneira da gente poder tocar para um público que não costuma comparecer aos nossos shows”, revela o músico Robson Batata, idealizador da festa. “Surgiu mesmo de um pedido da comunidade, que se queixava que a gente só toca longe do bairro e por preços, que muitos deles não podem pagar”, completa.

Então, de maneira informal, em 2009, o músico reuniu vários dos parceiros com quem toca e tocou durante sua carreira para fazer uma roda de samba na porta de sua casa, no Alto Vera Cruz. A adesão da comunidade foi gigantesca. “Deu mais de mil pessoas!”, lembra ele. Com a demanda comprovada, Batata resolveu organizar a roda de maneira menos informal e escolheu levá-la para uma avenida mais ampla, no bairro vizinho, o Vera Cruz, onde as ruas são mais largas (vale lembrar que o Alto Vera Cruz é uma comunidade formada por vielas, becos, com subidas e descidas). “O acesso ficou mais fácil e a gente consegue, hoje em dia, uma participação muito interessante das pessoas do bairro, que nos ajudam na decoração, na produção do evento”, comemora Batata.

Na edição de amanhã, o Samba de Noel recebe Aline Calixto, Thiago Delegado, Gustavo Maguá, Fabinho do Terreiro, Fernando Bento, Michel Salvador, DJ Maurinho Lobo e Flávio Renegado, além do próprio Batata, que toca ou já tocou com todos eles. Nenhum dos artistas receberá cachê. “O pessoal entende que é outro tipo de show. Então, como nós somos parceiros e já tocamos o ano inteiro recebendo nossos cachês, a gente faz isso na amizade. Eles compraram a ideia”, exalta Batata. Quem comparecer ao samba deve doar um quilo de alimento não-perecível, que será doado para famílias do Alto Vera Cruz. Haverá também apresentação de grupos de capoeira e percussão da comunidade, iniciativa que pretende divulgar o que é produzido pelos moradores do bairro.

Além disso, ele vê uma possibilidade de divulgação do trabalho desses músicos para um público que não os conhece. “A ideia principal dessa roda é fortalecer a cena do samba mineiro, mostrar que aqui também tem samba bom. Nós aproveitamos a oportunidade para fortalecer nossos parceiros”.

Falando em parceria, este ano o Samba de Noel distribuirá mais de 500 brinquedos para as crianças, doados por Flávio Renegado, amigo de infância de Batata. A iniciativa é da ONG Arebeldia, fundada pelo músico em parceria com a produtora cultural Danusa Carvalho, há três anos. A ONG vem realizando atividades voluntárias em presídio, oficinas, orientações jurídicas e apoio para o desenvolvimento social da comunidade do Alto Vera Cruz e se prepara para 2015 abrir as portas de sua sede no segundo semestre na comunidade. “O Renegado é meu parceiro durante toda a vida. E ele sempre dá um jeito de participar e nos ajudar de alguma forma”, pontua. As crianças poderão brincar em brinquedos que estarão à disposição: totó, pula-pula, piscina de bolinhas etc.

Agenda

O quê. “Samba de Noel”

Quando. Amanhã, às 14h

Onde. Av. Belém, 60, Vera Cruz

Quanto. Entrada com doação de 1kg de alimento não-perecível). Serão vendidas camisas do evento por R$ 25

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave