Dilma anuncia os 13 ministros para seu segundo mandato na presidência

Jacques Wagner (PT/BA) assumirá a Defesa; expectativa é de que a nova formatação da Esplanada dos Ministérios seja concluída na segunda-feira (29)

iG Minas Gerais | Folhapress |

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (23) a indicação de 13 ministros que vão compor o primeiro escalão em seu segundo mandato, que começa a partir de janeiro. Após intensas negociações e até reclamações públicas de dificuldades para chegar a definições de nomes, a petista estabeleceu o espaço do PT, PMDB, PSD e PC do B.

A expectativa é de que a nova formatação da Esplanada dos Ministérios seja concluída na segunda-feira (29), quando novas medidas econômicas também podem ser anunciadas. Com as indicações, Dilma mostrou que uma das preocupações para o novo governo foi tentar garantir maior influência sobre a base aliada no Congresso, apostando em nomes com maior trânsito e com maior sustentação em seus partidos, além de políticos que articulam o fortalecimento a base do governo.

Confira os ministros nomeados por Dilma:

Aldo Rebelo (Ciência Tecnologia e Inovação) Cid Gomes (Educação) Edinho Araújo (Secretaria de Portos) Eduardo Braga (Minas e Energia) Eliseu Padilha (Secretaria de Aviação Civil) George Hilton (Esporte) Gilberto Kassab (Cidades) Helder Barbalho (Secretaria de Aquicultura e Pesca) Jacques Wagner (Defesa) Kátia Abreu (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) Nilma Lino Gomes (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial) Valdir Simão (Controladoria Geral da União) Vinicius Lajes (Turismo)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave