Estabelecei as mãos decaídas

iG Minas Gerais |

No mundo espiritual a mão é uma simbologia da fé. Não é algo físico, mas tocamos no Senhor pela fé. É com a nossa fé que “pegamos” as bênçãos do Senhor. Existem tantos tipos de mãos, ressequidas, mas também as mãos que estão cansadas. Em Lucas, o verso 6 diz assim: “Um homem cuja mão direita estava ressequida”. Em Hebreus, capítulo 12, verso 12, diz assim: “Por isso, restabelecei as mãos descaídas [...]”, cansadas. Quem sabe a sua mão não esteja seca, mas sim cansada. Muitas vezes, você tem levantado a mão para o céu dizendo: “Estou cansado!”. O homem que está cansado de orar pela sua esposa, a mulher que está cansada de orar pelo marido e ele (a) não se converte. Mas vai chegar o dia que ele (a) estará cheio da graça de Deus. É uma questão de fé. Mesmo que você sinta que suas mãos estão cansadas, sua fé está sendo provada, creia, pois o Senhor diz: “Restabelecei as mãos descaídas”. Mulher, homem, se o seu marido, sua esposa, ainda não conhece a Jesus, deixe que ele (a) durma, coloque suas mãos sobre a cabeça dele (a), ministre a salvação, a restauração sobre a vida dele (a). Seu filho nem quer que você ore por ele, deixe-o dormir, imponha as mãos sobre a cabeça dele e ministre, comece a orar baixinho, Jesus escuta o seu murmuro. Se não conseguir sequer murmurar, chore, o Senhor recolhe as nossas lágrimas num odre, as nossas lágrimas são uma forma de oração. Para aqueles que têm o Senhor, as lágrimas se transformam em oração. Em Lucas, capítulo 9, verso 62 diz assim: “Mas Jesus lhe replicou: Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus”. Se você já colocou a mão no arado e por algum motivo se afastou da obra do Senhor, volte. A Palavra do Senhor diz: “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras [...]” (Ap 2.5) . Talvez você tenha tantas justificativas, tantos “porquês” como explicação, mas para o Senhor os “porquês” não importam, mas sim o “onde”. Você estava com a mão no arado, onde parou? Volta, volta onde parou. Ele quer purificar nossas mãos. Diz a Palavra do Senhor: “Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem” (Sl 128.1,2). Do trabalho de suas mãos, o fruto do seu trabalho, comerás do melhor, as bênçãos de Deus. Querido(a), você é um sacerdote, uma sacerdotisa em sua casa, talvez viva preocupado em esconder os “porquês”, mas saiba que o Senhor não está interessado em dar respostas aos porquês, ainda que Ele possa fazer isso, para Ele o que importa é “onde?”; “onde está seco?”; “Onde está?”. Quem sabe sua mão, sua vida ficou atrofiada porque não foi usada. Se deixamos de usar nossas mãos e braços durante muito tempo, não conseguiremos movimentá-los. Levante suas mãos! É isso que o Senhor deseja. Jesus curou aquele homem para que hoje pudéssemos ver o quanto Ele se importa com qualquer coisa na nossa história, qualquer coisa que esteja parada, sonhos que foram ficando para trás ou ministérios parados. Por isso, o Senhor pergunta “onde?” para restaurar o que está doente, o que está sem movimento, sem vida. Ele nunca envergonha ninguém, Ele vem para mudar, para transformar, para salvar. Talvez a sua mão esteja seca, você não lê mais a Bíblia, pois não consegue mais segurá-la, mas hoje o Senhor quer fazer tudo novo. Há um Bálsamo em Gileade, há o poder do sangue do cordeiro para restaurar a sua vida completamente, para que você possa ter mãos abençoadoras. Assim, você vai poder comunicar bênção e graça na vida de outros. Deus tem bênçãos gloriosas para operar em sua vida. Ele deseja que você e eu sejamos cheios da graça e do favor dEle, por toda a nossa vida. Deus os abençoe!

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave