Justiça catalã aceita denúncias contra presidente separatista

Denúncias contra o presidente regional catalão, Artur Mas, é aceita pelo Superior Tribunal de Justiça da Catalunha (TSJC)

iG Minas Gerais | AFP |

O Superior Tribunal de Justiça da Catalunha (TSJC) decidiu aceitar as denúncias de desobediência contra o presidente regional catalão, Artur Mas, pela organização em 9 de novembro de uma consulta simbólica sobre a independência dessa região espanhola.

As denúncias admitidas são contra Mas, a vice-presidente do governo regional, Joana Ortega, e a conselheira da Educação, Irene Rigau.

No total, 2.344.828 pessoas participaram na controvertida votação sem valor legal e quase 1,9 milhão de pessoas votou a favor da independência.

O governo regional catalão insistiu em realizar a consulta depois que o Tribunal Constitucional suspendeu, em 29 de setembro, um referendo oficial convocados a apenas dois dias antes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave